Dois mil áudios, Moro? Todos forjados?

Ricardo Noblat, da Veja, cujos jornalistas tiveram acesso ao material do The Intercept, fala, no Twitter, que há nada menos de 2 mil áudios no acervo de mensagens trocadas entre Sérgio Moro e Deltan Dallagnol e entre os procuradores da Força Tarefa da Lava Jato .

 

Não dá para imaginar tudo o que possam conter, mas se um por cento tiver conteúdo explosivo serão 20 escândalos.

 

E menos dá para imaginar o que virá daí.

 

Mas dá para ter certeza de uma coisa: de que cai o último argumento usado por Moro: a possível falsificação do conteúdo. Os áudios, independente da entrega dos originais, podem ser periciados a partir de cópias em arquivo digital, inclusive sobre possíveis edições e montagens.

 

Noblat diz ainda que mais coisa vem na Folha, no final de semana.

 

 

****

Please reload

Maceió Ilustrada
atl-maceio-ilustrada-farol_edited.png
Cartum
moro-nani-2.png
Siga-nos 
Arquivos
Please reload

Posteres Recentes
Please reload

© 2014  ATL. Criação de  Marcos Cabral