Bolsonaro: caso do porteiro serve para Globo criar uma “convulsão social”

Em entrevista à Band, Jair Bolsonaro sugeriu que as notícias sobre o depoimento do porteiro e os documentos da portaria de seu condomínio, indicando que um dos possíveis matadores de Marielle Franco alegou dirigir-se à sua casa visa gerar uma “convulsão social”.

 

“O que a Globo quer com isso? Nós sabemos o que está acontecendo na América do Sul. Vários países com problemas: o Chile, a eleição na Argentina, a Bolívia, o Equador… Será que ela quer trazer essa crise sul-americana para dentro do Brasil? Esse é o propósito da Globo?”

 

O presidente disse que há uma ação articulada da oposição: “Eles querem o caos no Brasil, querem quebra-quebra, querem ações terroristas para tentar me desestabilizar”.

 

O patético general Augusto Heleno correu ao twitter para fazer-lhe coro:

 

“Tentam criar fato político que desestabilize o País e fomente violentas manifestações, como as que ocorrem em outros países da América Latina. Não querem o bem do Brasil, desejam apenas a volta dos seus privilégios. O povo brasileiro não permitirá que atinjam seus nefastos propósitos.”

 

Será que imaginam que alguém, além de suas matilhas de ódio, vai acreditar nisso, que a Globo faz parte de um complô esquerdista para criar um caos social no Brasil?

 

Ou falam com a experiência de quem se serviu disto em 2013?

 

 

****

Please reload

Maceió Ilustrada
atl-maceio-ilustrada-farol_edited.png
Cartum
moro-nani-2.png
Siga-nos 
Arquivos
Please reload

Posteres Recentes
Please reload

© 2014  ATL. Criação de  Marcos Cabral